A volta da Pirelli na Fórmula 1

Com o  anúncio feito pela FIA em Junho deste ano de que a Pirelli será a fornecedora de pneus a partir da próxima temporada de Fórmula 1 não nos surpreendeu. As negociações corriam a passos largos nos bastidores da categoria. Como todos sabem, a Bridgestone anunciou no final de 2009 que não iria prorrogar seu contrato, que termina neste campeonato. A demora na escolha já provocava coceira na cabeça da cartolagem da federação. O contrato com os italianos da Pirelli é de três temporadas.

A escolha significa o retorno da Pirelli à F1 após 20 anos. Os pneus italianos se despediram da categoria em 1991, temporada em que competiram com Benetton, Tyrrell, Scuderia Itália e Brabham. Faz tanto tempo que estas quatro equipes nem existem mais.

A  Pirelli esteve na Fórmula 1 em outras três oportunidades, de 1950 até 1957 venceu quatro títulos de pilotos, dois da Alfa Romeo: Nino Farina e Juan Manuel Fangio. E mais dois títulos da Ferrari com Alberto Ascari.

As outras duas passagens pela Fórmula 1 não foram muito felizes para a borracha italiana conseguindo apenas 3 vitórias, de 1981 até 1986, venceu o Gp da França de 1985 e Gp do Mexico de 1986.

Na última passagem de 1989 até 1991 a Pirelli conseguiu a última vitória na Fórmula 1,  no GP do Canadá de 1991 com a Benetton de Nelson Piquet. Ao todo a Pirelli obteve 44 vitórias na Fórmula 1.

Vídeo da última vitória da Pirelli e também a última vitória de Nelson Piquet na Formula 1.

Famoso comercial da Pirelli com Nelson Piquet e Roberto Pupo Moreno.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: